“Com estrelas nos olhos e véus no cabelo, com ciclamens e violetas selvagens – mas em que despropósito estava pensando? Tinha no mínimo cinquenta anos e oito filhos. Caminhando por campos floridos e levando ao peito botões esmagados e carneiros caídos; com estrelas nos olhos e vento no cabelo – ela segurou sua sacola”.

Uma luz, a janela, os tons: era um verde, uma vida, um mar.

A escrita de Virginia Woolf é a busca do viver, do arder, consumindo histórias e luzes, ela mesma desconstruída em sombras e palavras.

“Rumo ao Farol” é um dos meus livros preferidos. Traz as relações familiares conturbadas, mas é também sobre o tempo, sobre o espaço, uma história resgatada do mar. Dividido em três capítulos (A Janela, O tempo passa, e O Farol), o farol pulsa distante, mas os fios urdidos tecem meias: “enquanto tricotava a felpuda meia marrom-avermelhada, com sua cabeça recortada absurdamente pela moldura dourada, pelo xale que sobre ela lançara…”, e as relações (des)aparecem.

E palavras. E histórias. E vidas. Cada fio-palavra de Virginia veste muitos mais do que corpos: aquecem a alma. Os sonhos mantidos assim, entre um roçar de cortinas, um esvoaçar de pensamento: e num virar de página, a luz entra pela janela.

O tempo passa e “as noites agora estão cheias de vento e destruição; as árvores precipitam-se e se curvam e suas folhas voam desordenadamente até o gramado ficar eivado delas: e elas se amontoam nos bueiros, entopem as calhas e aderem a lugares úmidos”.

O último capítulo, O Farol, parece uma viagem sem volta a um passado projetado na tela pintada: “lá estava seu quadro. Sim, com todos os verdes e azuis, as linhas subindo e se cruzando, a tentativa de alcançar alguma coisa”. Sim, com Virginia sempre estamos tentando alcançar alguma coisa: que nos escapa. Como a luz pulsante de um farol.

Citações de “Rumo ao Farol” (To the Lighthouse) – Editora O Globo (2003)

Texto compartilhado como indicação de leitura para a nova coleção de Rafaela Tomazzoni Knit Studio inspirada em Virginia Woolf.

https://www.facebook.com/rafa.tomazzoni/timeline

https://www.rafaelatomazzoni.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *